Tomou uma última taça de vinho, pegou a mala, a máscara e partiu. 😢😢😢😢

Teve razão em alguns pleitos? Teve… desde que começou a pandemia, ele já ficou molhado de lágrimas, de vinho, de sopa, de água que espirra da pia e do tanque, e, além de tudo isso, não foi poupado de caprichados banhos – contra sua vontade – de Lysoform. Reclamou que nunca trabalhou tanto – dia, tarde e noite, nunca ouviu tantos áudios e recebeu tanta piada infame, mas jamais foi tantas vezes arremessado ao chão (ainda que sem querer) e que se o “novo normal” foi assim ele prefere continuar nas antigas e viria com Maria da Penha pra cima de mim . Tudo que ele se sentiu foi “u-sa-do”, disse com as sílabas marcadas. E tem mais: tá de birra comigo porque disse que foi mero figurante no meu livro Devaneios de uma Pandemia. Logo ele!

Lado bom: hoje não recebi correntes, nem loopings de aniversário, nem mensagens da Audi perguntando “coooomo vc está perdendo nossas promoções de 10% de desconto”?

Mal aê, Audi! Assim que tiver a próxima pandemia eu vou correndo comprar um carro – e que seja nada menos que um Audi!

Lado ruim. Estou passando o frio desta segunda descobrindo que tudo que eu tinha programado pra fazer hoje passava em alguma etapa pelo celular. Comer envolve celular. Ir ao banheiro envolve celular. Falar envolve celular. 😭😭😭😭

Acho que vou sair e comprar um Audi. O que será que eles aceitam em troca? Um livro divertido sobre a Pandemia? As melhores canjicas do Brooklin? Ah, lógico que eu aceito um patrocínio exclusivo da Audi para minha Live, que passaria a se chamar:

“Duas taças com a Ivy sobre a lataria de um Audi.” 🚘🥂 No verão, claro. Já no inverno, “2 taças com a Ivy no banco de couro do Audi, que esquenta”. 🚘🥂 Se o entrevistado se passar um pouquinho – há relatos de entrevistados que saíram cambaleantes, a prenda a ser paga seria quitar o veículo pra mim.

Pessoal: não sei por quantos dias meu filhote ficará no hospital. Espero que não seja COVID. Pra falar comigo, melhor jeito vai ser por aqui ou por e-mail. Não estou ignorando ninguém além dos 73 que sempre foram bloqueados. 💔 #pandemiasemcelular #quarentenernumailhadeserta

Por Ivy Cassa

#quarentenernumailhadeserta #quarentener #cronica #cronicadapandemia #cronicasdapandemia #covid #humor #portasabertasivycassa #autora #escritora #leiamulheres #literaturabrasileira