Áudios com menos de 5 minutos não dá. Tou quarentenando sozinha, poxa! Deixa eu falar! Na verdade, praticamente já nem respondo por escrito. Segundo amigos, meus áudios narram a Ilíada, a Odisseia, os Lusíadas ou o Senhor dos Anéis. 📞

Quando não tem ninguém pra conversar, reouço os áudios e tenho acessos de gargalhada como se nunca tivesse ouvido ou eu própria não fosse a voz de muitos deles. Talvez algum dia precise contar isso a um psiquiatra. 🙃

Minha geladeira foi apresentada a produtos jamais vistos, como tortas, batatas smiles e todo tipo de carboidrato que engorda mas quebra um galho. 🍞🥘🌮🥪

Não ter chocolate em casa não é desculpa para não comer o que engorda. Muitas vezes, é bem melhor ter uma inofensiva barrinha de chocolate do que inventar o que tem na despensa: misturar torrada sueca com mel, casquinha de siri com nuggets de ervilha… não mata o desejo de chocolate e ainda te proporciona dias de rei. 🚽

A superbom deveria me dar um prêmio. Du-vi-do que alguém tenha comido tantos nuggets empanados de ervilha como eu. 🥇

Passo dias e dias entediada, e madrugadas em claro escrevendo ou lavando louça. Ah, e perambulando pelo prédio com sacos de lixo, porque é a hora que o elevador fica vazio e dá pra descer rapidinho. Sou uma versão feminina do homem do saco, só que mascarada. 😷

A vida é muito curta pra gente fazer par de meia. Ainda mais quando tem muita meia e cada uma vai parar num cesto. #vivaaliberdadedasmeias #naofaçapardemeias #senemvctemumparporquesuameiaprecisater 🧦

Fiquei quase 4 meses só comendo pêssego em calda como fruta, porque era o único que eu tinha certeza de que não vinha contaminado com todas as recomendações e fakenews que não raro se misturam. Agora estou na fase das maçãs cozidas. E vou voltar a comer pêssegos em calda, claro. Tipo em 2025. 🍎

Passei a usar protetores auriculares de neve pra passar ou dia, ou gorro (quando o cabelo já deu PT), porque de repente meu apartamento virou um icebar. Não sei explicar. Tá faltando calor de todo tipo. ⛄️

Minha pele nunca esteve tão boa e tão ruim ao mesmo tempo. Boa: abri mão dos cosméticos caros e que nunca me rejuvenesceram um dia, nem acabaram com minha oleosidade ou as rosáceas. Minha pele deixou de ficar oleosa, não rejuvenesci, mas economizei dinheiro. E as rosáceas… bem, algum filtro do Insta resolve. E a máscara, claro. 🤡

Mesmo tendo 3 gavetas de pijamas, constatei que não é suficiente. Ainda mais quando se adota oficialmente o pijama pra trabalhar e até pra pequenas escapadelas até a farmácia. Tem dia que troco 3 vezes. Haja pijama, haja lavagem de roupa, haja saco. 👚

Estou tão íntima de algumas amigas que já discutimos qualidade, quantidade, cor, tamanho e frequência de números 2. 💩

Uma das mínimas coisas boas da pandemia é não precisar arranjar desculpas pra não sair: não precisar matar uma tia que nem existe, inventar ter um cliente de última hora nem forjar um ameaço de infarto. “Estou me resguardando” é a frase mais gostosa pra dispensar qualquer programa e ficar de boa em casa, pijama, vinho, um livro e paz. 🧘🏼‍♀️

Cansei de brigar com a vizinha que passou semanas andando de tamanco bem em cima do meu quarto de madrugada. Tenho dormido com algum som mais alto e até que outra vizinha reclame, pelo menos esse problema tirei da cabeça. 🎼

Palavrão deixou de ser palavrão. Verdade, p@rra! 🤬

Acionei 15 vezes o alarme “buscar” do iPhone e iPad. 📱

Fiz um curso de psicanálise, um de escrita criativa, comecei a fazer um de inglês por aplicativo, mas desencanei depois de umas 3 semanas. E comprei outro de escrita criativa. Com o Bial. Amo! Mas a voz dele me dá um sono que nem com zolpidem eu tenho. Faz um mês que estou tentando dar continuidade, mas ainda não saí da 4a aula. Porque da 1 à 4 eu dormi em todas, coloquei de novo, dormi de novo. E continuo tentando. 😴

Troquei meu primeiro saco de aspirador de pó. #tavacheio 🙌🏻

Quebrei 2 copos e um abajur. Até que não me saí mal. 😬

Nunca imaginei que meu celular fosse tão resistente a quedas. Ele se saiu muuuuito bem. 👏🏻👏🏻👏🏻

Caminhei pela rua com uma touca de natação.🤦🏼‍♀️

Manchei um pano de prato com amoras.🤷🏼‍♀️

Meu quarto virou sala, cozinha e escritório. Banheiro não.
🛌

Comecei a ler mais de 2 dezenas de livros. Mesmo lendo quase todo dia, só consegui terminar dois: “Você nunca mais vai ficar sozinha” e “A saideira”. 📚

Gostei tanto da série “diário de um confinado” que já assisti 3 vezes e em todas ri como se fosse inédita. E o Mazzeo… ai, Mazzeo! 😍

Criei o programa semanal “2 taças com a Ivy”, um talk show regado a vinho, e já vamos para a 13a edição! ✨

No programa, cantamos no Lysoform, tivemos aula de carioquês, conhecemos as meias dos entrevistados, fizemos desfile de xícaras e canecas, pusemos orelhas da Disney, não raro tomamos mais de 2 taças mas ainda estamos mantendo a compostura. 😇

Já vinha estudando, mas resolvi aproveitar a pandemia pra fazer os cursos necessários pra LGPD e de repente me “reinventar” nesse novo nicho. Quase todos os advogados que conheço tiveram a mesma ideia. Acho que vou mudar meu currículo: manjo naaaaada de LGPD. Quem sabe não me destaco? 👩‍💻

Estou concluindo um livro sobre minhas aventuras e esquisitices na quarentena – isto aqui foi só uma amostra. Se vc também é como eu e acredita que tudo isso é uma “pegadinha do Mallandro”, fica de olho que logo logo tem lançamento. Virtual, claro. 🥂 📖

Resumindo? Tá tudo uma 💩, mas as pessoas queridas e eu própria estamos com saúde. Desejo que os que me são indiferentes também estejam. E se olharmos com outros olhos pra tanta esquisitice que batizei de quarentenice, dá até pra dar umas risadas. 😷☺️🙃😀

(Por Ivy Cassa)