Ontem paguei mico gratuito e ao vivo ao mandar um “hoje é quinta feira”. Eu já tinha falado por telefone com 2 outros que não contestaram – ou porque também achavam que era quinta, ou porque desencanaram “é melhor não contrariar”.

Hoje acordei numa manhã que suponho ser de quinta. Sempre zelosa com minha saúde mental, fui pesquisar sites sobre o tal do do “feitiço do tempo”, que se relaciona diretamente com o famoso “dia da marmota”: acordar todo dia com a sensação de estar presa no tempo.

Hoje não postarei tbts. Embora digam que é quinta, vou sextar e f@da-se.