Nesta semana considerei entrar no Tinder. O saco do meu aspirador de pó presumi estar mais cheio que o meu nesta pandemia e sempre tive algum pavor que um dia ele explodisse.

Eles, na verdade. Minha mãe e minha ex-diarista, as donas de casa mais destemidas que conheço, não trocam sacos de aspirador, de onde concluí que seria uma tarefa masculina.

Encontrei os sacos vazios, provavelmente comprados pelo meu falecido marido, o trocador oficial de sacos cheios que não se encheram tanto a ponto de zerarem antes dele me deixar aqui sozinha. Olhei para o aspirador cheio de compartimentos secretos e não fui capaz de encontrar qualquer botão escondido. Minha vizinhança não é gente boa como a da minha mãe.

A poeira e os cabelos meio que ganharam a batalha nesta semana – já não há lencinhos umedecidos que os vença. Enquanto ensaiava uma foto sensual para o Tinder e escrevia mentalmente uma mensagem que não enganasse nem espantasse o candidato, como um “sou legal depois do meio dia, vc entende de Aspiradores Electrolux?”, resolvi googlar.

🙌🏻 São Google 😇. Descobri os compartimentos secretos e lá pela 5a tentativa acho que deu certo.

Hoje devo espirrar menos. 🙌🏻🙌🏻🙌🏻 Quanto ao Tinder… vou esperar mais um pouquinho porque neste momento especificamente acabei de ter um match com o @electroluxbr . (não é publi, é ❤️)

#meusacoandacheio #naoehsobreserouxasaco #trocarosacoehumsaco