Pecamos

Transgredimos

Segredamos

Cochichamos

Somos dois clandestinos

Dois rebeldes

Dois adolescentes

Dois proibidos

Vivemos sorrateiros na ficção e na poesia

Vivemos à sombra de uma vida que talvez nunca possa ser nossa

Vivemos juntos porque sentimos saudades

Vivemos fragmentados porque somos ilegítimos

Somos paradoxos vivos

Perdoem as nossas faltas

Nossos ímpetos românticos

Nossas escapadelas

Nossos desejos

Perdoem!

Pode ser que entre nós haja mais que pecado, mais que poesia, mais que paixão e rebeldia

Transcendemos tudo isso: desconfiamos que há amor

(Ivy Cassa)

#portasabertas #portasabertasivycassa #poesia #paixãodesobediente #literatura #literaturafeminina #leiamulheres #amor