Que leem. Ler é o maior afago ❤️ que se pode fazer a quem escreve – e não está fora de moda

Que curtem, comentam e compartilham meus textos

Que leem escondidos, voyeuristicamente, 👀e depois confessam só pra mim (“eu leio!”)

Que se identificam com as minhas histórias, sentem as minhas dores e alegrias, riem, choram e, de alguma forma, se confortam das suas próprias sensações – todo mundo passa por isso

Que têm um comentário querido sobre o meu trabalho ☺️

Que procuram decifrar as mensagens cifradas, ironias, críticas e nuances que sutilmente registro nos meus escritos 🔍

Que propagam o amor, o bom humor e os sentimentos do bem por meio das minhas palavras ❤️🧡💛💚💙

Que são companheiros e me entusiasmam quando interagem, perguntam pelo próximo post, elogiam, sentam na nuvem ☁️ dos meus devaneios e ficam dali, comigo, imaginando um mundo mais amoroso

À Leitora-Personagem-Minha-Mãe, encorajadora e inspiração de parte dos meus posts. – “Mãe, isso aqui é como se fosse trabalho; maneira nas postagens!”. E o primeiro comentário do Portas Abertas foi dela que, depois do meu aviso contundente, após muito se autocensurar, acabou escrevendo apenas: “Que interessante.” 😀

Aos meus amigos que incentivaram a criação deste espaço, vibraram com os textos e as fotos, tornando meu Blog praticamente um novo personagem dos nossos encontros. Que não me deixaram sonhar sozinha nem desistir dos meus projetos. Entenderam as minhas escolhas, respeitaram a minha liberdade e embarcaram nos meus desatinos. 👩‍👩‍👧‍👦

Aos meus amores, amigos e conhecidos – reais e inventados, que inspiram meus personagens e histórias. 💏

Aos meus leitores de tantos Estados brasileiros e até de outros países 🌍, como Portugal, Chile, Uruguai, Argentina, Estados Unidos, Cuba e Angola (o segundo país com maior número de curtidores).

Já somos mais de 1500! 🤩🤩🤩

Literatura é arte. Toda arte é um pouco louca, provoca sensações e não é unânime. Até mesmo aqueles que desrespeitaram meu trabalho me fizeram crescer de alguma maneira – mas esses não estão convidados para esta celebração.

Hoje este blog completa seu primeiro aniversário 🎈🎈🎈. Ao longo dos últimos anos, pelas perdas que tive, acabei me desapegando e ressignificando muitas datas, deixando inclusive de comemorar meu próprio aniversário.

Mas hoje quero celebrar 🥂. Este 13 de setembro não foi escolhido por acaso. Não foi só um blog que nasceu aqui: em 2016, exatamente neste dia 13, (re)nasceu este projeto de escritora. 👩‍💻

Obrigada, leitores, por navegarem comigo pelos mares dos meus sonhos e apreciarem com carinho o tanto de mim que dedico a vocês.

Um beijo grande,

Ivy, Vy, Vivi, Ivynha, Ivy Maria, Menina Ivy, Cassadorinha, Doutorinha, ou, simplesmente, “a Louca”.

(Ivy Cassa)

#portasabertas #portasabertasivycassa #leitores #crônica #agradecimento